A Coreia do Norte está incluída no Grupo G e inicia a participação na competição a 15 de Junho com o Brasil. A 21 defronta Portugal e a 25 a Costa do Marfim.

“A nossa mentalidade é como a dos alemães. Somos valentes e podemos perfeitamente ganhar ao Brasil”, disse o jogador, antes do treino da Coreia do Norte, nos arredores de Joanesburgo.

Admitindo querer alterar a imagem da Coreia do Norte no mundo do futebol, Jong Tae-Se declarou-se “honrado” por ser comparado ao inglês Rooney, mas disse-se mais semelhante ao avançado Didier Drogba, da Costa do Marfim.

Numa alusão ao Mundial de 1966, o futebolista disse também querer repetir a surpresa conseguida nessa prova.

Antes de ter perdido com Portugal por 5-3, depois de ter a ganhar por 3-0, nos quartos de final, a Coreia do Norte venceu a Itália por 1-0, num dos resultados mais surpreendentes de sempre.

“Cresci a ver imagens desse Mundial de 66 e nós queremos protagonizar uma história semelhante”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.