Na sexta feira, o ponta de lança do Manchester United disse, de forma irónica, perante as câmaras de televisão e ainda no terreno de jogo, que era “bom ver os próprios adeptos a assobiarem”.

Rooney justificou hoje estas declarações com a frustração decorrente do segundo empate na competição: “Na última noite, reflectindo, disse coisas no calor do momento que transpareceram a frustração pelo nosso desempenho e pelo resultado”.

“Sou um apaixonado pela equipa da Inglaterra como ninguém”, garante o avançado, em comunicado.

A Inglaterra tem agora de bater a Eslovénia, no último jogo do Grupo C, para conseguir o apuramento para os oitavos de final.

“O que é mais importante agora é recuperar o optimismo e trabalhar para ganhar o jogo de quarta-feira”, prosseguiu Rooney, acrescentando que “para fazer isso, os jogadores vão precisar do apoio dos adeptos mais do que nunca”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.