No treino desta manhã de quarta-feira são poucos os adeptos que vieram assistir à sessão orientada por Carlos Queiroz. Os titulares do jogo com Moçambique, e também Ronaldo, não estão na sessão matinal, que conta apenas com oito jogadores e dois guarda-redes: Beto e Daniel Fernandes, Tiago, Duda, Pepe, Paulo Ferreira, Hugo Almeida, Rolando, Miguel Veloso e Ricardo Carvalho. A “ajudar” no treino está uma equipa de futebol local.

A FIFA fez também um controlo anti-doping surpresa a Tiago, Pepe, Deco, Eduardo, Bruno Alves, Danny e Miguel. Mas a maior preocupação da comitiva lusa, neste momento, é mesmo o assalto ocorrido no hotel onde estão hospedados alguns jornalistas lusos.

Por isso, a policia reforçou a segurança no apronto dos Navegadores. Segundo as últimas informações, um dos suspeitos já foi detido, detectado através do sinal de um dos telemóveis roubados, e parte do material já foi recuperado.

António Simões, repórter fotográfico da Global Imagens, foi o que sofreu mais durante o assalto, já que acordou com o barulho e chegou a ter uma arma apontada durante “mais de uma hora”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.