Triste pela eliminação dos “Super Águias”, Lagerback lamentou as muitas oportunidades falhadas no encontro de hoje e por esta equipa não ter conseguido mais na África do Sul.

“Sinto um grande desapontamento. Posso apenas congratular a Coreia do Sul e lamentar não termos conseguido uma melhor prestação.”

Questionado sobre as razões para esta eliminação prematura e para apenas um ponto conquistado, o seleccionador nigeriano frisou que os jogadores trabalharam ao máximo.

“Os jogadores trabalharam sempre muito bem, mas os resultados falam por si e o que interessa é que não nos qualificámos. Penso que hoje jogámos bem e tivemos as hipóteses para ganhar, mas não foi possível”, acrescentando que assumia a responsabilidade por este resultado:

“Eu devo ser o responsável por este falhanço. Sou eu o responsável pela equipa e claro que tenho uma grande quota da responsabilidade.”

Já sobre o seu futuro à frente da selecção nigeriana, Lars Lagerback não diantou qualquer novidade:

“Sobre o meu futuro não sei de nada. Vou analisar o Mundial, mas eu e a federação ainda não falámos sobre o meu futuro. O quer posso dizer é que adorei esta experiência”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.