"Lutámos com tudo o que tínhamos, mas não tivemos muita sorte. Agora há que ir procurá-la no próximo jogo” [Austrália-Sérvia, no próximo dia 23].

Pim Verbeek destacou o esforço realizado por toda a equipa, reduzida a 10 jogadores as partir do minuto 24 por expulsão de Harri Kewell, esclarecendo que não viu bem a acção que levou o árbitro italiano Roberto Rosetti a mostrar o cartão vermelho ao seu jogador.

Por sua vez o técnico sérvio do Gana, Milovan Rajevac, acredita que um empate na derradeira jornada frente à Alemanha [dia 23] será suficiente para seguir para os oitavos de final, depois de um jogo em que “foi muito difícil atacar frente a uma equipa que defende bem”.

“Em vez de dois defesas, tivemos de utilizar dois jovens jogadores. Fizemos um mau começo, concedendo um golo. Isso não devia ter acontecido. Depois tivemos de ir à luta, mas é muito difícil atacar frente a uma equipa que defende bem”, disse.

O Gana soma quatro pontos e lidera o grupo D do Mundial de futebol 2010 na África do Sul, seguido da Alemanha e Sérvia, com três e a Austrália com um.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.