Portugal tem tentado mas sem sucesso bater o guarda-redes da Costa do Marfim. Os navegadores tiveram várias oportunidades, sendo o remate de Ronaldo ao poste, aos 11 minutos a mais flagrante.

A equipa lusa entrou melhor, ao ataque, mas foi perdendo gás e o jogo tornou-se demasiado táctico. Sem Drogba no onze inicial, os Elefantes fecharam bem as linhas de passe. Muito tapado, Ronaldo foi o jogador mais “massacrado” e Danny esteve longe da “performance” do encontro com os Camarões.

A Costa do Marfim também chegou à baliza portuguesa por diversas vezes com algum perigo mas Coentrão e Bruno Alves foram dando conta do recado na área lusa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.