O avançado Neymar recebeu hoje ordem de dispensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por um cartão amarelo visto frente à Bolívia, que o impede de jogar no próximo jogo da qualificação ao Mundial2018.

"Devido a não poder defrontar a Venezuela, a equipa técnica considerou prudente desconvocar [Neymar, preservando um jogador importante para a seleção e que disputou vários jogos recentemente", confirmou à EFE uma fonte oficial da CBF.

Durante o jogo de quinta-feira, que terminou com uma vitória expressiva do Brasil por 5-0 frente à seleção boliviana, Neymar, antes de ser substituído no minuto 68, inaugurou o marcador e ainda assistiu para os golos de Felipe Luís e Gabriel Jesus.

Ao ter sido admoestado com o segundo cartão amarelo nesta fase de qualificação, o internacional brasileiro regressa, de forma antecipada, ao FC Barcelona.

O Brasil é o atual segundo classificado da qualificação sul-americana ao Mundial2018, com 18 pontos, a um do líder Uruguai, enquanto o próximo adversário, a Venezuela, ocupa o último posto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.