O selecionador nacional, Paulo Bento, lamentou esta terça-feira a falta de eficácia da Seleção Nacional, mas ressalvou que «na segunda parte houve várias oportunidades para ganhar o jogo».

«É um mau resultado, numa primeira parte que não foi conseguida. No plano defensivo não tivemos problemas, sabiamos o que o adversário fazia, não nos surpreendeu. Foi dificil pressionar numa primeira linha de construção, acabamos por ser traídos numa transição. O golo causou-nos alguma ansiedade, precipitamo-nos», frisou o treinador no flash interview à RTP, acrescentando que «nos primeiros 45 minutos a melhor ocasião foi uma bola à trave».

Paulo Bento considerou que a equipa teve «mais qualidade e fluidez», criando «um leque de oportunidades que teria de dar para ganhar se tivesse sido eficaz».

O técnico assumiu, ainda, que acredita que Portugal «vai estar no Brasil», mas que «nesta situação», a Seleção terá mais difculdade para se apurar pelo primeiro lugar. «Resta esperar pelos jogos de março, recuperar, ou encetar, o caminho que perdemos».

Portugal empatou a um golo com a Irlanda do Norte e está a cinco pontos da Rússia, que lidera o grupo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto