O Equador venceu as Honduras por 2-1 em jogo da 2.ª jornada do Grupo E do Mundial2014. Enner Valência fez o dois golos do Equador (leva três no Mundial), Costly tinha dado vantagem as Honduras. Com este resultado, fica tudo em aberto no grupo já que todas as quatro seleções têm hipóteses de apuramento, com larga vantagem para a França, a única com duas vitórias.

No 13.º confronto entre estas duas formações, o Equador voltou a levar a melhor (quatro vitórias, sete empates e duas derrotas para os equatorianos) sobre a seleção da América Central. O jogo marcava também o reencontro dos técnicos com seleções que já orientaram. Reinaldo Rueda, selecionador do Equador, orientou as Honduras no Mundial2010 e Luis Fernando Suárez das Hondruas levou o Equador aos oitavos-de-final no Mundial2006.

Em Curitiba, na Arena da Baixada, a primeira grande oportunidade de golo pertenceu a Enner Valência. O avançado equatoriano apareceu isolado na cara de Valladares mas rematou para fora.

No outro lado, Costly mostrou a Enner Valência como fazer. Guagua meteu "água" num balão da defensiva hondurenha, a bola sobrou para Costly que atirou forte, de pé esquerdo, fazendo o 1-0, aos 31 minutos.

A reação dos equatorianos foi imediata e desta vez Enner Valência acertou com o alvo. Caicedo (que já passou pelo Sporting) rematou cruzado, a bola foi ao segundo poste onde aparece o esforçado e oportuno Enner Valência a desviar de carrinho para o fundo da baliza, aos 34 minutos.

Antes do intervalo Dominguez negou o golo as Honduras, num remate de Bernardez num livre direto. E já nos descontos o árbitro vai anular e bem um golo aos hondurenhos, num remate de Costly (estava em fora-de-jogo e dominou com a mão).

No segundo tempo o Equador vai chegar ao tento da vitória aos 65 minutos pelo seu homem-golo. Ayovi marcou um livre para a área, Enner Valência subiu mais alto que toda a gente e desviou de cabeça para o 2-1, aos 64 minutos. Foi o seu sétimo golo em 12 jogos com a camisola equatoriana.

As Honduras bem que tentaram chegar ao empate mas sem sucesso.

Este resultado deixa tudo em aberto no Grupo E e mesmo a França não está a salvo, embora só um desastre possa afastar os gauleses da próxima fase.

No próximo jogo a França, com seis pontos, defronta o Equador que tem três. A Suíça que também tem três joga com as Honduras. Mesmo as Honduras ainda têm hipóteses de passar. Terão de golear os helvéticos e esperar que França faça o mesmo frente ao Equador. Neste caso Suíça, Honduras e Equador terminariam com três pontos, pelo que seria a diferença entre golos marcados e sofridos a determinar o segundo colocado do grupo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.