No final do encontro desta quarta-feira que ditou a vitória da Argentina sobre a Alemanha, Javier Mascherano garantiu que não se esquecerá da final do Mundial’2014 e que a derrota vai perseguir os argentinos “toda a vida”.

“As imagens não vêm apenas hoje. Pelo menos a nós, que estivemos envolvidos, vão perseguir-nos a vida toda. É essa a realidade. Mas não nos podemos ficar com isso, temos de nos levantar, e o tempo de nos levantarmos é hoje. Essa é a mentalidade que tem de ter o jogador argentino, porque nos últimos anos acostumámo-nos a ganhar, tivemos uma certa estabilidade”, lembrou o futebolista de 30 anos.

O jogador do Barcelona esteve presente em todos os jogos a formação das “pampas”, contabilizando um total de 106 internacionalizações e três golos marcados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.