Declarações do selecionador Fernando Santos, à RTP, após o jogo em Andorra:

“Ao intervalo tive a necessidade de meter o Ronaldo e as coisas melhoraram. Começámos a criar situações e vencemos bem. Ponderei muito em usar o Ronaldo. Não chegou nas melhores condições físicas e não cumpriu a 100 por cento os primeiros dois treinos connosco. Além disso, havia muitos fatores que podiam ter interferência: o cartão amarelo, o próprio relvado, entre outras coisas. Estas questões são sempre complicadas. É questionável admito, mas fiz aquilo que achei melhor”.

Portugal venceu hoje em Andorra, por 2-0, com golos de Cristiano Ronaldo e André Silva, em jogo da nona jornada do Grupo B de qualificação europeia para o Mundial2018 de futebol, e vai decidir a qualificação frente à Suíça.

Ronaldo, que começou o jogo no banco e alinhou na segunda parte, inaugurou o marcador e igualou o polaco Robert Lewandowski na lista de melhores marcadores da qualificação, aos 63 minutos, e André Silva, aos 86, selou o resultado que manteve a seleção campeã europeia na luta pelo apuramento direto.

Portugal soma 24 pontos, menos três do que a Suíça, adversária de terça-feira, que hoje goleou a Hungria, por 5-1, com golos de Xhaka, aos 18, Frei, aos 20, e Zuber, aos 43 e 49, e Lichtsteiner, aos 83. Guzmics e Ugrai, aos 59 e 89, respetivamente, reduziram para os húngaros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.