A participação de Portugal no Mundial de futebol de 2018 não foi do agrado de todos. Um estudo da Universidade Europeia, em colaboração com o SAPO Desporto, veio confirmar esse dado: 43 por cento dos portugueses disseram que ficaram desapontados ou muito desapontados com a prestação global da Seleção Nacional no Campeonato do Mundo, depois da sua eliminação nos oitavos de final desta competição.

De acordo com o mesmo estudo, quase 60 por cento (59 por cento) dos portugueses consideram que a seleção comandada por Fernando Santos teve um mau desempenho no Mundial. A estratégia adotada pelo Engenheiro do Euro2016 foi o aspeto mais criticado, especialmente pelos homens inquiridos (75,5%).

Na mesma análise, 35 por cento dos inquiridos destacaram positivamente o espírito de equipa e 50 por cento o fair-play. Trata-se, pois, de atributos de natureza mais humana/comportamental, especialmente valorizados pelas mulheres, em particular, o fair-play (66,5 por cento).

Infografia Seleção Nacional de Futebol
Infografia Seleção Nacional de Futebol créditos: Universidade Europeia

No mesmo estudo era pedido aos portugueses que analisassem o desempenho da seleção por posição em campo. Globalmente os portugueses consideram que o “ataque” demonstrou grandes fragilidades. Neste ítem as mulheres são mais positivas do que os homens a este respeito (20,1 por cento vs. 8,2 por cento de respostas positivas).

A nível individual, Rui Patrício (29,5 por cento), Cristiano Ronaldo (27,6 por cento) e Pepe (15,8 por cento) foram os jogadores que se destacaram pela positiva, de acordo com o mesmo estudo. De referir que as mulheres inquiridas neste estudo são quem mais aprecia a prestação de Cristiano Ronaldo. Relativamente ao pior desempenho individual, as escolhas dos portugueses incidem, respetivamente, sobre Gonçalo Guedes (24,3 por cento), William Carvalho (12,4 por cento) e Raphael Guerreiro (10,8 por cento).

Apenas 10,5 por cento dos portugueses concordam com as equipas titulares que representaram Portugal no Campeonato e 12,7 por cento com as substituições feitas pelo Selecionador Nacional, Fernando Santos.

De destacar que, para os portugueses inquiridos no estudo, até ao momento a equipa que mais surpreendeu pela positiva neste Campeonato do Mundo foi a Bélgica (20 por cento) e, pela negativa, a Alemanha (62 por cento).

* Ficha Técnica do Estudo

O estudo sobre “A perceção dos portugueses sobre a prestação da Seleção Nacional no Mundial de Futebol 2018” foi desenvolvido pela Faculdade de Ciências Empresariais e Sociais da Universidade Europeia.

Foi realizado, através de questionário disponibilizado na página oficial da SAPO Desporto, entre os dias 30 de junho (após a última prestação da Seleção Portuguesa no Mundial de Futebol) e 5 de julho, a 2.194 indivíduos, com idades compreendidas entre os 16 e os 82 anos, residentes no Continente e Regiões Autónomas. A idade média dos respondentes é de 44,8 anos e 80% dos respondentes são do género masculino. Em termos de distribuição geográfica, 34,5% dos inquiridos residem na Área Metropolitana de Lisboa, 28,1% na região Norte e 19,7% no Centro do país. No que se refere ao nível de escolaridade, 39,4% dos participantes têm formação superior e 28,5% concluíram o ensino secundário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.