As 32 seleções de futebol que vão disputar o Mundial2018, na Rússia, vão partilhar um prémio de cerca de 344 milhões de euros, o que representa um aumento de 12 por cento em relação a 2014, anunciou hoje a FIFA.

No Mundial2014, no Brasil, os prémios partilhados pelas seleções situaram-se em cerca de 308 milhões de euros, dos quais 30 milhões para o vencedor, 21 para o finalista vencido, 18 para o terceiro classificado e 17 para o quarto.

As seleções afastadas na fase de grupos receberam cerca de 6 milhões de euros, as eliminadas nos oitavos de final sete milhões e as que atingiram os quartos de final embolsaram 12 milhões.

A FIFA destinou ainda uma verba de 1,2 milhões de euros a cada uma das seleções, destinada a custear parte das despesas de preparação.

O organismo que tutela o futebol mundial anunciou ainda o lançamento de uma fundação no primeiro trimestre de 2018 para desenvolver atividades no domínio social.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.