Gilberto Madaíl alimenta o sonho de ver Portugal e Espanha organizarem o Mundial 2018, mas teme o poder da candidatura da Rússia à organização da prova.

Em entrevista conjunta com o seu homólogo espanhol, Angel Maria Villar, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) é claro no seu discurso: "A Rússia é o nosso principal rival."

Todavia, a candidatura russa não tira o optimismo ao líder da FPF. "Neste trajecto, desenvolvemos um grande trabalho e um grande projecto, e podemos qualificar a nossa candidatura como muito boa", afirmou o dirigente aos jornais A Bola e Marca.

Já Angel Villar sublinhou o excelente relacionamento que existe entre os dois países e a vantagem da união ibérica para a candidatura: "Sinto-me muito bem em Portugal e, em particular, mantenho uma óptima relação com Gilberto Madail."

A decisão do Comité Executivo da FIFA para a atribuição da organização do Mundial 2018 será conhecida a 2 de Dezembro, em Zurique (Suíça). Além de Portugal concorrem ainda as candidaturas da Rússia, Inglaterra e Bélgica/Holanda. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.