Tamara Pletnyova teme um ‘boom’ de mães solteiras como diz ter acontecido durante os Jogos Olímpicos de Moscovo em 1980.

Tamara Pletnyova tem 70 anos e está à frente do Comité da Duma – câmara de deputados russos - para a Família, as Mulheres e a Infância. Tamara considera que as mulheres russas devem tomar precauções durante a passagem do Campeonato do Mundo pelo país.

“Uma coisa é envolver-se com pessoas da mesma raça, outra coisa é envolver-se com pessoas de outras raças. Não sou nacionalista, mas sei que essas crianças sofrem. São abandonadas e acabam por ficar aqui só com a mãe”, diz Tamara. “Devemos dar à luz os nossos filhos. As crianças multirraciais sofrem e têm sofrido desde a era soviética”, acrescenta a deputada.

Durante a era soviética e depois do ‘boom’ que ocorreu após os Jogos Olímpicos de Moscovo de 1980, o termo “filhos dos olímpicos” começou a ser utilizado para referir às crianças concebidas durante eventos internacionais entre mulheres russas e homens provenientes da África, América Latina e Ásia. Na altura, os métodos contracetivos não eram permitidos na Rússia e as crianças multirraciais sofriam de discriminação.

Em entrevista a uma estação de rádio russa, Tamara Pletnyova afirmou que as mulheres russas correm riscos mesmo quando casam com homens de outras raças e que, na maior parte das vezes, acabam presas fora do país ou na Rússia, mas sem os filhos.

Também Alexander Sherin, legislador russo, comentou a situação e alertou as mulheres russas que os homens estrangeiros podem ser portadores de vírus que infetarão os russos. Sherin acrescentou ainda que a população do país deve ter cuidados com os turistas porque podem tentar vender substâncias ilegais durante o Campeonato do Mundo.

O Mundial da Rússia arranca esta tarde às 16h com a partida entre a Rússia e a Arábia Saudita em Moscovo. O evento leva adeptos e jogadores de 31 seleções mundiais até à Rússia. Nem a FIFA nem o Comité de Organização do Mundial responderam às declarações de Tamara Pletnyova.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.