O Senegal podia ter dado uma passo importante rumo aos oitavos-de-final do Mundial 2018 mas não foi além de um empate a duas bolas com o Japão, em jogo da segunda jornada do Grupo H. As duas seleções somam agora quatro pontos e vão para a derradeira jornada da dependerem de si para passar à próxima fase.

Depois de vencer a Polónia por 2-1 e ser a primeira seleção africana a vencer neste Mundial, os senegaleses sabiam que uma vitória contra o Japão os deixaria em boa posição para atingir os oitavos-de-final da prova, nesta que é a sua segunda participação de sempre em Mundiais. Na primeira, em 2002, caíram nos quartos-de-final sem sofrer qualquer derrota no tempo regulamentar.

O Japão – Senegal em números: Africanos dominaram, ficaram com o MVP mas tudo acabou empatado
O Japão – Senegal em números: Africanos dominaram, ficaram com o MVP mas tudo acabou empatado
Ver artigo

O Japão, que aproveitou a superioridade numérica bem cedo para bater a Colômbia por 2-1, também estava na mesma posição dos africanos. Fazendo seis pontos, estaria perto da próxima fase.

Arena de Ekaterinburg os 'leões de Teranga' entraram fortes e marcaram logo aos 12 minutos, num golo com muita sorte à mistura. Kawasahima defendeu um remate de Sabaly mas a bola acabou por bater nas pernas de Sadio Mané e entrar na sua baliza.

O empate dos nipónicos chegou aos 34 minutos. Nagatomo foi lançado em profundidade, deixou a bola para Inui na área que rematou ao segundo tempo, batendo o guarda-redes NDiaye.

Os japoneses tinham mais bola, mas era o Senegal quem criava mais perigo. Antes do intervalo, Niang teve nos pés o 2-1 mas Kawasahima negou-lhe as intenções com uma boa defesa.

No segundo tempo o Japão melhorou e muito o seu jogo e passou a criar mais perigo. Osako rematou à figura do guarda-redes africano aos 50. Osako esteve perto do 2-1 aos 61 após centro de Haraguchi e quatro minutos depois, é Inui a ver a barra negar-lhe o golo, num remate colocado.

Mas a resposta dos homens de Aliou Cissé foi cirúrgica, com o lateral direito Wagué a marcaro 2-1 aos 71 minutos, após centro do lateral esquerdo Sabaly.

Quando se esperava que os senegaleses fossem segurar o resultado, um erro de NDiaye após centro Sakai vai permitir o empate. O guarda-redes senegalês teve uma saída em falso, a bola sobrou para Sakai que deixou em Honda, ao segundo poste, empurrar para o 2-2 final.

As duas seleções continuam na liderança do Grupo H, com quatro pontos cada e vão assim para a derradeira jornada. O Senegal recebe a Colômbia, a Polónia defronta o Japão.  A Polónia perdeu com a Colômbia e já está eliminada.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.