Esta quinta-feira, o internacional colombiano James Rodríguez recorreu às redes sociais para negar as notícias que davam conta de alegadas agressões no balneário da equipa comandada por Carlos Queiroz.

"Desminto todo o tipo de informação que veicule a ideia de que existiram agressões, confrontos físicos ou controvérsia entre os jogadores sendo eu o protagonista. O que aconteceu no relvado e os maus resultados não extrapolaram para fora do jogo. Tanto no balneário, como na minha vida pessoal, mantenho relações excelentes e de respeito com todos os meus colegas de seleção", garantiu o antigo jogador do FC Porto, atualmente ao serviço do Everton.

"Vivemos um momento complexo em termos desportivos e nós, jogadores, somos os primeiros a reconhecer a nossa responsabilidade. Vamos manter-nos unidos e com o sonho intacto de garantirmos o apuramento para o Mundial do Catar, competição pela qual vamos lutar", acrescentou ainda.

Recorde-se que, o jornalista Javier Hernández Bonnet avançou que tinham ocorrido agressões entre jogadores no balneário da seleção colombiano. Já a Rádio Caracol acrescentou que os jogadores em causa seriam James Rodríguez e Lerma, que veste a camisola do Bournemouth.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.