Alemanha, Itália e Inglaterra fizeram hoje valer o estatuto de favoritos e entraram a vencer nos respetivos grupos de qualificação para o Mundial2022 de futebol, enquanto a Espanha cedeu um empate na receção à Grécia.

Em Granada, a seleção espanhola, campeã mundial em 2010, até se adiantou no marcador, aos 33 minutos, através de Álvaro Morata, só que os helénicos, que contaram com o benfiquista Vlachodimos na baliza, repuseram a igualdade final (1-1) aos 57, numa grande penalidade convertida por Anastasios Bakasetas.

Face ao empate de ‘La Roja’, a Suécia assumiu a liderança do Grupo B neste arranque de apuramento, graças a um triunfo por 1-0 sobre a Geórgia, num encontro no qual o experiente Zlatan Ibrahimovic (39 anos) consumou o regresso à seleção nórdica com a assistência para o golo de Viktor Claesson, aos 35 minutos.

Como era expectável, Alemanha, Inglaterra e Itália impuseram a ‘lei do mais forte’ e superaram o primeiro jogo na fase de qualificação sem problemas de maior.

No Grupo C, os transalpinos, que falharam o Mundial2018, venceram a Irlanda do Norte por 2-0, com golos de Domenico Berardi, aos 14 minutos, e Ciro Immobile, aos 39, e somam três pontos, os mesmos da Suíça, que horas antes tinha batido a Bulgária por 3-1, com um dos tentos helvéticos a ser assinado pelo avançado do Benfica Haris Seferovic.

A Alemanha, adversária de Portugal no Euro2020, também entrou da melhor forma na ‘corrida’ ao Mundial do Qatar, ao vencer por 3-0 a Islândia, no Grupo J, com tentos de Leon Goretzka, aos três minutos, Kai Havertz, aos sete, e Ilkay Gundogan, aos 56.

Com os mesmos três pontos da ‘Mannschaft’ surgem a Roménia, que bateu a Macedónia do Norte por 3-2, e a Arménia, que foi ao Liechtenstein vencer por 1-0, graças a um autogolo aos 83 minutos.

Já a Inglaterra conseguiu o resultado mais desnivelado desta primeira jornada, ao golear por 5-0 San Marino, a menos cotada das 55 seleções europeias que lutam pelo apuramento.

James Ward-Prowse (14 minutos), Dominic Calvert-Lewin (21 e 53), Raheem Sterling (31) e o estreante Ollie Watkins (83) construíram o triunfo dos ingleses, líderes do Grupo I, com os mesmos três pontos da Albânia, que venceu por 1-0 em Andorra, e mais dois do que Hungria e Polónia, que empataram 3-3.

Os húngaros, que integram o grupo de Portugal no Euro2020, estiveram por duas vezes em vantagem (2-0 e 3-2), com golos de Roland Sallai, Adam Szalai e Willi Orban, só que os polacos conseguiram sair de Budapeste com um ponto, graças aos tentos dos suplentes Krzysztof Piatek e Kamil Jozwiak, e do ‘inevitável’ Robert Lewandowski.

Na liderança isolada do Grupo F está a Dinamarca, que, poucas horas depois de bater Israel por 2-0, viu os restantes adversários do agrupamento cederem pontos: Escócia e Áustria empataram 2-2, em Glasgow, enquanto Moldávia e Ilhas Faroé ‘anularam-se’ com um 1-1.

A segunda jornada da qualificação europeia começa no sábado, com 10 jogos agendados, entre os quais o Sérvia-Portugal, do Grupo A.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 decorre até 16 de novembro, sendo que o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final.

Já os segundos classificados vão disputar os ‘play-offs' de apuramento, juntamente com dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-offs'.

Destas 12 equipas presentes nos ‘play-offs', que serão disputados em março de 2022, sairão os últimos três representantes europeus no Mundial2022.

O Mundial no Qatar decorrerá fora do habitual período entre junho e julho, devido ao forte calor naquele país, com a competição de 2022 a estar prevista para as datas entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto