A Sérvia venceu hoje na receção à República da Irlanda por 3-2, no grupo A de qualificação para o Mundial2022 de futebol, do qual faz parte a seleção portuguesa, mas esteve a perder e deu a volta ao resultado.

A seleção dos Balcãs, teoricamente o adversário mais difícil do grupo para a seleção lusa, esteve a perder desde os 18 minutos, quando o médio do Preston, da II Liga inglesa, Alan Browne, inaugurou o marcador.

O conjunto da casa ainda logrou, no entanto, empatar antes do intervalo, aos 40 minutos, pelo avançado Dusan Vlahovic, jogador da Fiorentina, de Itália.

Na segunda parte, a figura do jogo foi o avançado dos ingleses do Fulham Aleksandar Mitrovic, o qual, lançado em campo aos 63 minutos a render Filip Djuricic, ex-jogador do Benfica e atual médio dos italianos do Sassuolo, foi o autor dos dois golos que valeram os três pontos à Sérvia.

Em ambos, Mitrovic foi assistido Dusan Tadic, jogador dos holandeses do Ajax, a consumar a reviravolta do resultado de 0-1 para 3-1, que sofreria ainda alteração a quatro minutos do final do tempo regulamentar com o segundo dos irlandeses, por James Collins, avançado do Luton, equipa da II Liga inglesa.

Com este triunfo, a Sérvia subiu ao primeiro lugar do grupo A, com os mesmos três pontos da seleção portuguesa (1-0 ao Azerbaijão), enquanto as restantes três equipas estão a zero, incluindo o Luxemburgo, que ainda não se estreou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto