"Sou um defensor do Paulo Bento embora considerando que chegou ao fim da linha." As palavras de Sérgio Abrantes Mendes não deixam dúvidas. Num momento conturbado da vida do Sporting, o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral - que enfrentou Soares Franco nas anteriores eleições para a presidência, em 2006 - apela a uma reforma profunda no clube para que seja recuperada a sua identidade. Sobre Paulo Bento, o ex-dirigente lamenta que não tenha sido devidamente apoiado pela direcção. 

"Acho que os sportinguistas têm que agradecer ao Paulo Bento, embora algumas culpas também tenham de lhe ser imputadas, obviamente. Por força da falta de organização do Sporting, houve alturas que parecia o treinador, o director desportivo, o director da SAD, o presidente do clube a tentar justificar o injustificável. De certa maneira acabou por fazer um pequeno milagre, que foi conseguir algumas vitórias", explicou Abrantes Mendes.

Por outro lado, o juiz relativiza o encontro com o Ventspils - "uma equipa de amadores" - para se mostrar mais preocupado com os próximos jogos do campeonato, onde os leões já estão a 12 pontos do primeiro lugar. "O problema do Sporting é saber se ganha ao Rio Ave e ao Benfica", reitera.

Veja também a entrevista em vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.