Segundo uma nota enviada ao jornal regional Diário de Coimbra, as Casas de Coimbra, Águeda, Ansião, Arganil, Aveiro, Bairrada, Condeixa, Estarreja, Gândaras de Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Murtosa, Ovar e São João da Madeira, presentes na reunião, comprometeram-se a “apelar aos seus sócios e simpatizantes à não comparência no jogo Beira-Mar-Benfica, a 28 de Novembro, bem como nos jogos a realizar em Coimbra, Figueira da Foz e Leiria”.

As medidas que irão tomar passam por não vender bilhetes para esses jogos, difundir o comunicado do plenário “encarnado”, divulgar faixas com frases como “Jogos do Benfica sem Luz Não”, “Defende o teu clube” e “Não vás aos jogos fora”, e apostar na divulgação deste ideal via e-mail, mensagens de telemóvel e páginas sociais da internet.

Segundo o dirigente da Casa do Benfica de Miranda do Corvo, Rafael Pereira, estas medidas foram “aprovadas por unanimidade e quase aclamação”.

Rafael Pereira criticou também o facto de os clubes da região pedirem o equivalente ao dobro ou o triplo do valor dos bilhetes praticados no Estádio da Luz.

“Por 35 euros vou ao Estádio da Luz e tenho o bilhete, vou de autocarro e ainda tenho um lanche que a Casa oferece. Já no último jogo em Coimbra, por exemplo, o bilhete para a central era 75 euros”, protestou.

Para o dirigente, “o objectivo não é prejudicar os clubes pequenos, mas sim dar um alerta sobre o que fazem e defender os interesses dos amantes do futebol”.

“O lucro nunca se pode sobrepor aos interesses do povo, de quem gosta de futebol”, daí que as casas não vão vender bilhetes, mesmo aquelas que têm máquinas de venda directa.

O Benfica desloca-se a Aveiro à 12.ª jornada (agendada para 28 de Novembro), a Leiria à 15.ª (09 de Janeiro de 2011), a Coimbra à 16.ª (16 de Janeiro) e à Figueira da Foz à 26.ª (10 de Abril).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.