"[Este jogo] não vai ter muitos golos", avisou Jorge Jesus em entrevista à Benfica TV, sublinhando que o Nacional "está mais forte" do que no ano passado, quando os insulares registaram um empate 0-0 em Lisboa e impuseram ao Benfica uma derrota por 3-1 na Madeira.

O técnico lembrou que o Nacional "tem o mesmo treinador [Manuel Machado], os mesmos jogadores, tem processos defensivos bem definidos" e tem "mais experiência" por estar a jogar na Liga Europa.

A perspectiva de poder saltar para a liderança alimenta ainda mais a euforia dos adeptos encarnados, mas Jesus garante que o plantel não se deixa levar por esse sentimento. "Dentro do balneário isso não pode ser contraproducente. Os adeptos podem pensar que o Benfica joga sempre para golear e isso até poderia produzir alguma intranquilidade para dentro da equipa, mas no balneário isso não passa e todos os dias falamos nisso", adiantou.

Por outro lado, o treinador das águias prefere um discurso mais cauteloso, fazendo questão de sublinhar que o Benfica "joga sempre para ganhar" e com "sentido de vitória", mas com o "máximo respeito" pelos adversários.

O eventual desgaste provocado pelo preenchido calendário de jogos dos "encarnados" também foi abordado, com o técnico a garantir "ter experiência" com este tipo de situações.

A fechar a entrevista, Jorge Jesus reforçou o apelo à presença massiva de espectadores na Luz, "num jogo com um significado especial" uma vez que o estádio completa hoje o sexto aniversário. "Os adeptos podem estar orgulhosos desta linda casa", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.