O Estudiantes voltou à carga por Ernesto Farías. Depois de várias tentativas, sempre infrutíferas, os argentinos tentam resgatar um jogador que se tornou um ídolo entre 1999 e 2004, em que apontou 94 golos com a camisola do Estudiantes.

Todavia, o esforço do clube argentino parece condenado ao insucesso. Segundo o jornal A Bola, os responsáveis não têm dinheiro para compensar o FC Porto pelo investimento de 3,8 milhões de euros em 'Tecla' e propõe apenas o empréstimo, prometendo em troca a sua valorização no Mundial de Clubes. Para tal, o Estudiantes solicitou mesmo à Associação de Futebol da Argentina o alargamento do prazo de entrega dos jogadores elegíveis para a competição, crente ainda numa mudança de atitude dos dragões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.