Em entrevista à Benfica TV, o administrador da SAD Domingos Soares de Oliveira fez o 'ponto de situação' das contas encarnadas, após a apresentação do exercício da derradeira temporada, onde foi divulgado um resultado líquido negativo e o aumento do passivo em cerca de 50 milhões de euros.

"Depois das infra-estruturas, investimos agora no futebol. A dívida do estádio, que custou 160 milhões de euros, é de 28 milhões, pelo que as infra-estruturas já não apresentam peso nas contas", explicou o dirigente do Benfica, deixando uma justificação para os números negativos: "Se tivéssemos vendido jogadores teríamos contas positivas. No entanto, tínhamos jogadores que não estavam suficientemente valorizados, pelo que não era a altura certa para vender."

Sublinhando que o impacto do Benfica Stars Fund - o fundo de investimento criado sobre alguns jogadores do plantel de Jorge Jesus - só se verá no próximo exercício, Domingos Soares de Oliveira abordou ainda a possível integração do canal do clube na Zon. "As negociações começaram há pouco tempo e estão numa fase embrionária, mas há vontade de chegar a acordo", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.