Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Sporting explica que a SCS (Sporting Comércio e Serviços) e a “PPTV - Publicidade de Portugal e Televisão SA, sociedade integrada no Grupo Controlinveste, renegociaram as contrapartidas financeiras do contrato, em vigor, de cedência de direitos de transmissão televisiva e publicidade dos jogos da equipa principal da Sporting SAD, na condição de visitada, para a competição principal da Liga Portuguesa de Futebol Profissional”.

“Mais se informa que, no âmbito da renegociação, foi ainda acordado ceder à PPTV, em idêntico regime de exclusividade, os referidos direitos de transmissão televisiva e publicidade referentes às épocas de 2013/2014 até 2017/2018, inclusive”.

Nos termos deste acordo, é ainda explicado que “os proveitos globais provenientes do acordo celebrado serão repartidos”, revertendo para a SCS, SA. o montante de 75,6 milhões de euros e para a Sporting SAD o de 32,4.

“Mais se informa que, também na presente data, a Sporting SAD e o Sporting Clube de Portugal celebraram com a PPTV um acordo de princípio que visa regular a respectiva colaboração na criação e exploração de um canal de televisão para emissão de conteúdos ligados ao universo desportivo do Sporting Clube de Portugal (“Canal Sporting”)”.

Esta colaboração, explica o comunicado, “será consubstanciada na constituição de uma sociedade comum, participada maioritariamente pelas entidades do Grupo Sporting - que será a proprietária do Canal Sporting”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.