Christian Atsu começa a ganhar protagonismo na seleção do Gana, após a recente vitória sobre o Malawi, e a imprensa do seu país já o vê como um "novo Messi".

Porém, o jovem extremo ganês do FC Porto mostra-se imune ao "rótulo" de craque que lhe começa a ser imposto. «Não me comparem com Messi. Podemos ter algumas coisas em comum, mas somos jogadores diferentes. Eu ainda me encontro em fase de aprendizagem»,garantiu.

«A comparação não me afeta. Estou apenas apostado em construir a minha própria imagem e em ajudar a seleção do Gana e o FC Porto», acrescentou.