O surfista Tiago Pires e o tenista João Sousa deram hoje o apoio à seleção portuguesa de futebol para o jogo de domingo com a Albânia, de qualificação para o Euro2016, que se realiza em França.

Estes dois atletas de alta competição almoçaram com a comitiva lusa e mostraram estar em sintonia com a "equipa das quinas", dando mesmo alguns conselhos para o futuro.

"Viemos cá dar uma força. O Brasil [Mundial2014] não foi aquilo que nós queríamos. Os jogadores disseram-me que o cansaço acusou um pouco. Os portugueses têm de ser um pouco mais positivos em relação à seleção. A atmosfera que se viveu depois do jogo com Alemanha [0-4] foi muito negativa. A minha experiência mostra-me que é necessário acreditar sempre. Apelo a todos os portugueses para que acreditem até ao fim. É assim que se tem de estar no desporto", disse Tiago Pires, que dentro de dias estará na Califórnia a participar em mais uma etapa do Mundial de Surf.

Para João Sousa, o adversário de domingo será tudo menos fácil porque os jogadores da Albânia “não têm nada a perder".

"As pessoas podem pensar que é um jogo fácil. O adversário não tem qualquer tipo de pressão e tudo pode acontecer. Há que acreditar na capacidade da nossa seleção. O Tiago e eu acreditamos que o jogo vai correr bem. É importante, como desportistas de elite, dar alegrias aos portugueses. É importante estarmos unidos em torno da seleção", frisou o melhor tenista português de sempre.

A seleção portuguesa defronta domingo, às 19h45, a Albânia, no Estádio Municipal de Aveiro, em jogo da primeira jornada do Grupo I de apuramento para o campeonato da Europa, que será arbitrado pelo francês Ruddy Buquet.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.