A organização dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 pretende exigir aos atletas o uso obrigatório de máscara, com exceção dos períodos de treinos e competição, e distanciamento social, a fim de evitar contágios por covid-19.

Estas são algumas das medidas anunciadas hoje pelo Comité Organizador de Tóquio2020, evento que foi adiado para 2021, entre 23 de julho e 08 de agosto, precisamente, devido à pandemia do novo coronavírus.

No código de conduta, definido entre a organização e o governo japonês, os responsáveis pretendem também limitar as deslocações dos desportistas durante o evento entre o local de alojamento e as instalações de treino e competição.

As propostas serão ainda levadas às federações internacionais e ao Comité Olímpico Internacional (COI), com o objetivo de que estejam protocoladas no final do ano, com o objetivo de prevenir contágios durante o maior evento do desporto mundial.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e cinquenta e sete mil mortos e mais de 36,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.