O tenista argentino Juan Martin del Potro, prata no Rio2016 e bronze em Londres2012, vai falhar os Jogos Olímpicos Tóquio2020 por ainda estar a recuperar da lesão no joelho direito, anunciou hoje a sua equipa de comunicação.

“A reabilitação do joelho está a correr bem, dentro do plano que o médico delineou, mas ele sugeriu ao Juan Martin que continuasse com o seu processo de recuperação e com os treinos e abdicasse de Tóquio”, informou a assessoria do jogador.

No final de março, ‘Delpo’ foi submetido à quarta operação ao joelho direito, dizendo esperar estar nos Jogos Olímpicos.

“Tentámos terapia conservadora, mas a dor ainda está lá. Ele [o médico Jorge Chahla] sabe que eu quero voltar a jogar ténis e poder jogar os Jogos Olímpicos, então acordámos que a cirurgia deveria ser feita o mais breve possível”, disse então o medalha de prata em singulares do Rio2016 e bronze em Londres2012, nas redes sociais.

A ausência dos Jogos, que decorrem na capital japonesa entre 23 de julho e 08 de agosto, é mais um revés na carreira do campeão do Open dos Estados Unidos de 2009 e antigo número três do mundo, cujo percurso tem sido condicionado por insistentes lesões.

O vencedor do Estoril Open em 2011 e 2012 está a recuperar da quarta cirurgia desde junho de 2019, depois de se ter lesionado no joelho no Masters 1.000 de Xangai, em outubro de 2018, sendo que continuou a competir até ser operado pela primeira vez.

Além da complicada lesão no joelho, Del Potro, atual 774.º da hierarquia ATP, teve várias lesões nos pulsos, tendo sido intervencionado por uma vez ao pulso direito e outras três ao esquerdo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.