A Associação Internacional de Surf (ISA) manifestou o seu apoio à escolha da ilha do Taiti, na Polinésia Francesa, para receber as provas de surf nos Jogos Olímpicos Paris2024, informou esta a entidade.

Fernando Aguerre, presidente da ISA, considerou que a escolha do Taiti, hoje anunciada pelo Comité organizador de Paris2024, "oferece aos atletas, e ao desporto, condições espetaculares para ótimas competições", além de representar "a autenticidade do surf", cujas origens remontam à Polinésia.

Situada no oceano Pacífico sul, a 15.000 quilómetros de Paris e com uma diferença horária de 12 horas, a ilha surgia como uma das opções, em concorrência com Biarritz, Lacanau e Hossegor-Seignosse-Capbreton, e com a Bretanha (La Torche), tendo sido selecionada.

As provas, disputadas por 24 homens e 24 mulheres, vão decorrer em Teahupoo, praia conhecida por ‘oferecer’ algumas das ondas mais ‘potentes’ do Mundo, e que integra o circuito principal masculino da Liga Mundial de Surf (WSL, na sigla inglesa).

"Todos os atletas de topo que consultei estão super entusiasmados com a proposta do Taiti para receber o surf nos Jogos Olímpicos de Paris. As famosas ondas de Teahupoo são veneradas entre os surfistas de todo o mundo, e vão trazer um nível de atenção e entusiasmo sem precedentes", salientou Justine Dupont, comissária dos atletas na ISA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.