O atleta João Vieira considerou hoje que o adiamento dos Jogos Olímpicos um ano para 2021 foi a “atitude mais sensata”, mesmo que isso o possa prejudicar, dado ter já 44 anos de idade.

“Acho que é a atitude mais sensata que poderiam ter tido. Acho que todos os desportistas deste mundo estavam a contar com este adiamento”, resumiu o vice-campeão do mundo dos 50 quilómetros marcha, em declarações à Lusa.

Mesmo concordando com a decisão hoje tornada pública pelo Comité Olímpico Internacional, em acordo com o governo japonês, João Vieira assume que, no seu caso específico, será mais complicada a missão no que poderão ser as suas sextas olimpíadas.

“Competir ao mais alto nível com 44 anos não é fácil para ninguém e ter de esperar mais um ano... Vai ter de ser. Quero terminar a carreira nos Jogos Olímpicos ou mais tarde. Vamos ver. Vou lutar com as armas que tenho para estar nos Jogos Olímpicos do próximo ano”, prometeu.

João Vieira diz que nesta fase da carreira os planos são feitos “ano a ano”, pelo que agora pretende tirar férias e depois prosseguir os treinos caso os campeonatos nacionais ainda se realizem esta época.

“Estou a treinar a meio gás. E o que vai mudar é fazer umas férias para depois retomar mais tarde a época. Entretanto vou continuar a treinar, o calendário pode vir a ser reatado e tenho provas do calendário de Portugal e vou ficar à espera”, disse.

O atleta reafirmou ter estado sempre “sereno” neste processo e entende que o COI “teve as suas razões para demorar a decidir”, pois entende que o público não conhece os bastidores do seu contacto com as diversas entidades, incluindo a Organização Mundial de Saúde.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, há 30 mortos e 2362 infetados confirmados. Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.