O lateral esquerdo, de 31 anos, jogador dos franceses do Montpellier, vai render o companheiro do Nantes, que vai falhar a estreia lusa em modalidades coletivas de pavilhão em Jogos Olímpicos, devido a uma entorse na tíbio társica direita.

Cavalcanti vai enfrentar um período de cerca de três semanas de recuperação, depois de se ter lesionado no treino de terça-feira, tendo já falhando a vitória da seleção portuguesa frente à Argentina (31-28), num jogo particular disputado em Tóquio, na quarta-feira, o último de preparação antes do jogo com o Egito, no sábado.

"Fico triste pelo meu colega, Alexandre Cavalcanti, mas tudo farei para dar o meu melhor e ajudar Portugal dentro do que é possível. Será com certeza um grande marco na minha carreira a par da história do andebol português”, afirmou Gilberto Duarte, citado pela FAP.

Gilberto Duarte, que falhou o Europeu de 2020 por lesão, tinha sido um dos últimos excluídos dos convocados do selecionador Paulo Jorge Pereira para Tóquio2020, juntamente com o lateral direito do ABC Diogo Silva.

Portugal, inserido no Grupo B, inicia no sábado o torneio olímpico, frente ao Egito, após o que defronta Bahrain (segunda-feira), Suécia (quarta-feira), Dinamarca (30) e o anfitrião Japão (01 de agosto). Passam aos quartos de final os quatro primeiros de cada grupo.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão decorrer entre sexta-feira e 08 de agosto, após o adiamento em um ano devido à pandemia de covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.