A comitiva de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos poderá ter apenas dois atletas. Isto porque o Comité Olímpico cabo-verdiano está com dificuldades para obter convites "wild cards" para enviar mais representantes à Londres.

Até agora Cabo Verde conseguiu dois convites, que serão alocados ao atletismo. A atleta Lidiane Lopes, da Ilha do Sal, é a única com presença garantida. Segundo o jornal A Nação, o presidente  do Comité Olímpico Cabo-verdiano, Franklim Palma, está em dúvidas sobre quem deverá receber o outro convite. Se Ruben Sança, atleta que corre os 5000 metros e que reside nos EUA, ou se o mesmo deve ser entregue ao maratonista Nélson Cruz.

«Provavelmente a opção irá recair-se em Ruben Sança porque tem participado em várias competições e tem obtido bons resultados, mas ainda não está nada decidido. Nélson Cruz também tem chance porque corre a maratona e nesta modalidade há sempre possibilidade de se conseguir um wild card.», afirmou Franklim Palma

Quem não deverá marcar presença em Londres é Gilson Rodrigues. O atleta de taekondwo não teve bons resultados este ano, algo que deverá impedi-lo de conseguir um wild card para participar nos Jogos Olímpicos´2012.

O Presidente do Comité Olímpico afirmou ainda ao semanário cabo-verdiano que há grandes possibilidades de outros convites para os judocas Yannic D´Oliveira e Mário Camões. Agora é aguardar pela resposta do Comité Olímpico Internacional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.