A maratonista Marisa Barros mostrou-se contente pelo 13º lugar, mas confessou a quebra nos últimos quilómetros da prova.

«No final a ambição era de saltar alguns lugares. Costumo chegar mais fresca ao final, mas as pernas já não davam. Tentei, mas já não consegui melhor», disse a atleta de 30 anos no final dos 42 quilómetros percorridos em Londres.

Marisa tinha como «primeiro objetivo ficar entre as 16 primeiras», que foi alcançado, e uma maior que era «ficar entre as 10 primeiras».

«Depois dos Mundiais ficar entre as 10 primeiras era o grande objetivo. Isto são os Jogos, é mais difícil. Estou contente», frisou.

Jessica Augusto foi a mais bem classificada, conseguindo um sétimo lugar e sendo a terceira melhor europeia, enquanto Marisa Barros foi 13ª e Dulce Félix foi 21ª.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.