Jessica Augusto vai cumprir o objetivo de correr a maratona olímpica e confessa que o ouro é um sonho antigo, mas, numa perspetiva mais realista, diz que terminar entre as 15 primeiras em Londres já seria bom.

«É um objetivo que ambiciono há muitos anos. Iniciei a minha carreira com o sonho de correr a maratona olímpica, chegou a altura. O meu sonho é ser campeã olímpica, mas é difícil. Trabalho todos os dias para isso, trabalhei quatro anos para chegar lá», disse a atleta minhota, que se estreou na distância em 2011, precisamente em Londres, e logo alcançou a segunda melhor marca portuguesa de sempre.

O tempo de 2:24.33 horas, que constitui mínimo A para Londres2012 e lhe valeu o oitavo lugar, repetido já este ano, ficou a pouco mais de um minuto do recorde nacional, 2:23.29, estabelecido em 1985 por Rosa Mota, que viria a sagrar-se campeã olímpica da maratona em 1988, em Seul.

Traçando expetativas, Jessica Augusto admitiu que «gostava muito de entrar nas 15 primeiras», resultado que considera um bom objetivo. «A maratona é uma prova muito aberta, as africanas não são invencíveis e, por isso, tudo pode acontecer», disse a atleta minhota, sublinhando no entanto a sua escassa experiência.

«Eu não tenho muita experiência, só treinei para três maratonas, só tenho duas concluídas. Ainda não tenho aquela experiencia que outros têm, mas não tenho medo de correr uma maratona. Na última que fiz, já me testei, já deu para me sentir mais maratonista. Penso que tudo é possível. Não falo em medalhas. Ainda tenho outros Jogos Olímpicos», disse a atleta de 30 anos.

Em ano de Jogos Olímpicos e Europeu de futebol, poderia haver motivo para duas festas em casa de Jessica Augusto, já que o guarda-redes Eduardo, seu companheiro, está na seleção portuguesa que hoje iniciou o estágio para o evento continental, que se realiza entre 08 de junho e 01 de julho, mas o calendário não

«Não dá muito para festejar, quando o Eduardo chega do campeonato da Europa, tem de ir embora para os treinos e eu já não estou cá, estarei em estágio», explicou Jessica Augusto, que então estará com o foco apontado para a maratona olímpica de 5 de agosto. «Festejamos depois, se der tempo».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.