O ministro do Desporto do Brasil, Leonardo Picciani, disse hoje esperar que a suspensão do Laboratório de Controle de Dopagem Brasileiro (LBCD) seja revogada antes do início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"Desde o último dia 05, uma comissão da Agência Mundial Antidopagem (AMA) está a efetuar uma vistoria ao laboratório antidoping. O problema já foi identificado e corrigido. Esperamos que a WADA revogue a sua decisão e libere o laboratório antes dos Jogos", afirmou o governante durante uma teleconferência com jornalistas.

No último dia 24, a AMA anunciou uma punição provisória de seis meses, proibindo o laboratório antidoping brasileiro de realizar análises de urinas e exames de sangue em atletas.

Na altura, foi veiculada a informação de que exames feitos pelo órgão teriam apresentado resultados positivos falsos na sequência de erros técnicos.

Questionado pelos jornalistas, o ministro afirmou que desconhece a causa exata da suspensão.

"Esta informação foi mantida em sigilo pelo laboratório e pela AMA, mas sei que as correções foram adotadas antes da inspeção. Vamos cumprir todos os procedimentos nos exames para dar segurança aos atletas e garantir a realização de competições justas", frisou.

Em 2013, este mesmo laboratório antidoping já tinha sido suspenso pela AMA. Por conta disso, os exames feitos nos atletas que participaram no Mundial de 2014 foram realizados na Suíça.

Além de falar sobre o laboratório antidoping, o ministro brasileiro também reafirmou que o vírus Zika, outra grande preocupação dos atletas e turistas que estarão no país durante os Jogos Olímpicos, está controlado.

"O combate ao Zika é uma prioridade. O ministério da Saúde tem tomado as providências necessárias para combater o mosquito. No Rio de Janeiro houve uma redução de 90% dos casos detetados. Em agosto chegaremos a números próximos a zero no Rio de Janeiro", disse.

Leonardo Picciani concluiu citando que a cidade do Rio de Janeiro organizou 43 eventos testes que mobilizaram sete mil atletas e não houve nenhum caso de zika ou dengue registaados entre os participantes destas competições.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.