O Comité Olímpico Russo (COR) revelou esta quarta-feira uma lista de 387 atletas selecionados para os Jogos Olímpicos Rio2016, apesar de o Comité Olímpico Internacional (COI) só se pronunciar sobre a participação dentro de uma semana.

“A lista da delegação russa está constituída. Os atletas competem em 30 modalidades”, revelou hoje o presidente do COR, Alexandre Joukov, citado pelas agências noticiosas russas.

A lista integra os 68 atletas que apresentam um recurso junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), que deverá pronunciar-se na quinta-feira quanto à exclusão coletiva imposta pela Associação de Federações Internacionais de Atletismo (IAAF).

Em causa estão, segundo a IAAF, violações ao código antidopagem e à carta olímpica.

Esta lista apresentada hoje surge ainda antes do COI tomar uma decisão quanto a uma eventual exclusão da Rússia dos Jogos, que se disputam de 05 a 21 de agosto no Rio de Janeiro, face às acusações que vieram a público no relatório McLaren.

O professor de direito Richard McLaren, a pedido da Agência Mundial Antidopagem, demonstrou no início da semana a existência de um esquema organizado de doping na Rússia, com a conivência do estado e colaboração dos serviços secretos russos.

Uma organização que funcionou, de acordo com o relatório, de 2011 a 2015 e envolveu atletas de 30 modalidades.

Hoje, uma porta-voz do COI, Emmanuelle Moreau, disse à agência AFP que a decisão, em relação à participação da Rússia no Rio2016, será tomada em sete dias e que o organismo “terá em conta” a posição do TAS.

O ministro russo do desporto, Vitali Moutko, ele próprio acusado no ‘relatório McLaren’ como elemento ativo no esquema russo de ‘doping’, disse na terça-feira esperar que o COI tome uma “decisão razoável”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.