Os tenistas espanhóis Rafael Nadal e Albert Ramos foram autorizados pela Federação Internacional de Ténis (ITF) a participar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, de 05 a 21 de agosto.

A Federação Espanhola de Ténis (RFET) tinha recorrido da exclusão dos atletas espanhóis, por não cumprirem os critérios de qualificação para os olímpicos.

O regulamento da Federação Internacional exige que, para poderem participar nos Jogos Olímpicos, os tenistas tenham disputado pelo menos três eliminatórias da Copa Davis desde a última edição dos olímpicos, a última das quais nos últimos dois anos.

O número quatro do mundo e 14 vezes vencedor de um torneio do 'Grand Slam' não joga desde que uma lesão no pulso o obrigou a abandonar o Open de França, tendo posteriormente falhado o torneio de Wimbledon.

Nadal, que transportará a bandeira espanhola na cerimónia de abertura, ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, mas falhou a edição seguinte da competição, em Londres, também devido a uma lesão no joelho.

Os campeões mundiais Andy Murray e Serena Williams vão defender no Rio de Janeiro os respetivos títulos.

O número um do mundo, Novak Djokovic, e Roger Federer (número três) também estarão presentes.

Entretanto, o tenista canadiano Milos Raonic, recentemente finalista em Wimbledon, anunciou que não participará nos Jogos do Rio de Janeiro.

“Após uma longa reflexão com a minha familia e os meus treinadores, tomei esta decisão face às incertezas sobre o vírus Zika”, justificou em comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.