A judoca Telma Monteiro disse, em entrevista à agência Lusa, que não vê os Jogos Olímpicos Rio2016 como uma última oportunidade, embora garanta que ainda é cedo para pensar em Tóquio2020.

“Acho que ainda é cedo para falar de Tóquio. Agora estou focada no Rio. Desde que acabou Londres que o meu pensamento era conseguir o apuramento bem colocada para o Rio de Janeiro, conseguir outros resultados no ciclo olímpico, o que consegui com mais medalhas em Europeus e Mundiais. Não vejo o Rio como a última oportunidade. É mais uma oportunidade, é mais uma competição, é mais um grande motivo de orgulho voltar a representar Portugal nesta grande competição”, afirmou.

Olhando para a competição no Rio de Janeiro, que se disputa a 08 de agosto, Telma Monteiro não vê na categoria dos -57kg uma clara favorita, considerando que “quem quiser mais, quem lutar melhor naquele dia e quem está estiver mais concentrada é que vai conseguir”. “O mais importante é eu acreditar em mim, as pessoas que trabalham comigo acreditarem em mim e eu saber que quando entrar no tapete estou em condições de ganhar a qualquer adversária. Tendo esse pensamento, tudo o resto não importa”, afirmou.

Sobre os restantes cinco elementos que vão estar no Rio de Janeiro, a judoca do Benfica acredita que, sem querer por pressão nos companheiros, “há possibilidades de haver muito bons resultados”.

“Para o Sergiu [Oleinic], o Célio [Dias], o Jorge [Fonseca] e o [Nuno] Saraiva é a primeira vez que vão estar nos Jogos Olímpicos, só eu e a Joana é que tivemos essa experiência. Obviamente isso mexe sempre com as pessoas, mas são atletas com muito potencial, por isso, tudo pode acontecer”, afirmou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.