Orientada pelo antigo internacional português Filipe Cruz, que se notabilizou no ABC, a seleção angolana chegou ao intervalo a vencer por 15-13 e depois de disparar para uma vantagem que chegou aos sete golos, aos 22-15, fechou aos 28-25.

O Japão entrou melhor, com um parcial de 6-2, mas Angola respondeu com seis golos consecutivos, passando para a frente aos 8-6, condição que manteve por pouco tempo, dado que permitiu nova reviravolta e ficou em desvantagem por um (11-10).

Perto do final da primeira parte, a seleção angolana assumiu definitivamente a liderança com um parcial de quatro golos consecutivos (14-11), que lhe permitiu atingir o intervalo a vencer por 15-13 e embalar para um triunfo tranquilo.

Uma entrada desastrada da seleção japonesa na segunda parte, em que marcou apenas dois golos nos primeiros 15 minutos, levou a seleção angolana a disparar para uma vantagem segura por sete golos, aos 22-15, que geriu até ao final.

O Japão ainda tentou contrariar o ascendente da seleção angolana, mais eficaz na defesa, com destaque para a guarda-redes Helena Sousa, e no ataque, mas o máximo que conseguiu foi reduzir a diferença para três golos, aos 23-20, 25-22, 26-23 e 28-25 (final), com dois golos seguidos.

Albertina Kassoma, Natália Santos e Isabel Guialo, todas com cinco golos, foram as jogadoras angolanas que se evidenciaram na concretização, enquanto na seleção japonesa destacaram-se Nozomi Hara e Shio Fugii, com seis e cinco, respetivamente.

Com este triunfo, a Angola, apesar de sexta e última posicionada no Grupo A, liderado pelas invictas seleções da Noruega e Países Baixos, passa a somar os mesmos dois pontos que o Montenegro (terceiro), Japão (quarto) e Coreia do Sul (quinto).

A jornada prossegue ainda hoje com os jogos Montenegro-Coreia do Sul (03:00 em Lisboa) e Noruega-Países Baixos (13:30). A última e decisiva ronda da fase de grupos, a disputar na segunda-feira, integra os jogos Coreia do Sul-Angola (01:00), Países Baixos-Montenegro (11:30) e Noruega-Japão (13:30).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.