O Brasil foi ontem afastado do torneio de basquetebol dos Jogo Olímpicos Tóquio2020, ao perder por 75-64 com a Alemanha, na final do pré-olímpico de Split, na Croácia.

Depois de ter batido a Tunísia, a Croácia e o México, a formação ‘canarinha’, que liderou o jogo pela última vez no início do terceiro período (39-38), caiu face aos germânicos, liderados por 28 pontos e seis ressaltos de Moritz Wagner (Orlando Magic).

Robin Benzing, com 13 pontos, e Maodo Lo, com 10 pontos e cinco assistências, também se destacaram na equipa alemã, que não disputava o torneio olímpico de basquetebol desde 2008.

No Brasil, comandado pelo croata Aleksandar Petrovic, irmão do lendário Drazen Petrovic, destaque para os 14 pontos e quatro ressaltos de Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers) e os nove pontos e cinco ressaltos de Bruno Caboclo.

Em Kaunas, qualificou-se a Eslovénia, para uma primeira participação nos Jogos Olímpicos, ao vencer na final a anfitriã Lituânia por 96-85, liderada por um soberbo Luka Doncic.

O base dos Dallas Mavericks dominou o encontro por completo, conseguindo um ‘triplo duplo’ de 31 pontos - com um em cinco nos ‘triplos’, 12 em 18 nos ‘tiros’ de dois e quatro em cinco nos lances livres –, 13 assistências e 11 ressaltos.

Em 33.42 minutos, destaque ainda para o facto de Doncic, eleito naturalmente o MVP do torneio de Kaunas – prémio que recebeu das mãos da ‘lenda’ lituana Arvydas Sabonis –, apenas ter cometido dois ‘turnovers’ (perdas de bola sem lançamento).

O ‘77’ guiou a Eslovénia, mas não conseguiu o apuramento sozinho, tendo preciosas ajudas de Vlatko Cancar (18 pontos e cinco ressaltos), Jaka Blazic (16 pontos), Mike Tobey (13) e Zoran Dragic (nove), irmão do ausente Goran Dragic (Miami Heat).

Na formação da casa, Arnas Butkevicius, Mantas Kalnietis e Jonas Valanciunas (Memphis Grizzlies) marcaram todos 14 pontos, enquanto Domantas Sabonis (Indiana Pacers) se ficou pelos nove.

Em Tóquio2020, o Grupo A será composto por Irão, França, Estados Unidos e o vencedor de Victoria, o B por Austrália, Alemanha, o vencedor de Belgrado e a Nigéria e o C por Argentina, Japão, Espanha e Eslovénia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.