O norte-americano Ryan Crouser revalidou hoje o título olímpico do lançamento do peso, nos Jogos Tóquio2020, com a marca de 23,30 metros, novo recorde da competição, numa final em que todos os medalhados ultrapassaram os 22 metros.

Tal como no Rio2016, Crouser ‘empurrou’ para a prata o compatriota Joe Kovacs, que fez um lançamento a 22,65 metros, tendo o bronze sido conquistado pelo neozelandês Tomas Walsh, com a marca de 22,47.

Depois de ter sido derrotado por Kovacs nos Mundiais Doha2019 por apenas um centímetro, Crouser tem dominado a especialidade, tendo estabelecido novo recorde do mundo (23,37) nos campeonatos norte-americanos, em junho passado.

Nos seis lançamentos que fez em Tóquio, Crouser obteve marcas acima do recorde olímpico de 22,52, que estabeleceu há cinco anos nos Jogos Rio2016, a ficou a apenas sete centímetros do máximo mundial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.