A delegação de atletas olímpicos do Uganda, que chegou sábado a Tóquio, foi colocada em quarentena devido a um caso positivo de infeção com o novo coronavírus, anunciaram hoje as autoridades japonesas.

Os oito elementos da equipa, que acompanhavam o treinador que testou positivo à chegada ao aeroporto de Tóquio, foram considerados casos de contacto e deverão ficar em quarentena até 03 de julho.

O treinador ficou logo em isolamento, enquanto os restantes elementos ainda foram autorizados a deslocarem-se ao campo de treino de Izumisano, perto de Osaka, mas agora vão ter de cumprir quarentena.

“As autoridades médicas locais entrevistaram os oito membros e determinaram que eram casos de contacto e pedimos que ficassem isolados até 03 de julho”, explicou um responsável da cidade de Izumisano, à agência noticiosa AFP, acrescentando que está a ser estudada a possibilidade de poderem treinar ao ar livre, perto do hotel.

Este é o primeiro caso positivo de infeção pelo novo coronavírus em delegações olímpicas que já começam a chegar ao Japão, para os Jogos, que vão decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto