O presidente francês, Emmanuel Macron, é esperado na sexta-feira em Tóquio, para uma visita de 36 horas, durante a qual assistirá à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, informou hoje o gabinete da presidência francesa.

Macron é o único chefe de estado do G7, além do presidente japonês, a assistir à cerimónia em Tóquio, naquele que é o maior evento desportivo mundial, que precede a organização dos Jogos Olímpicos em Paris, em 2024.

“Vou ao Japão para apoiar e pela passagem do testemunho. Para apoiar o olimpismo” em plena crise da pandemia da covid-19, disse na última quinta-feira o chefe de estado, à margem do Tour, desejando aos atletas franceses a conquista do maior número de medalhas.

Acompanhado de uma delegação reduzida, Macron tem previsto encontrar-se com Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) e com responsáveis do comité de organização de 2024, mas também assistir à competição de judo e de basquetebol feminino 3x3.

Estará ainda numa cerimónia com o imperador japonês, Naruhito e, no sábado, com o primeiro-ministro, Yoshihide Suga, dois anos após a sua primeira visita ao Japão, em junho de 2019.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, adiados um ano devido à pandemia da covid-19, decorrem entre 23 de julho e 08 de agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.