O remador português Pedro Fraga manifestou-se hoje “realizado” com a qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, após o segundo lugar na prova de qualificação europeia de ‘double scull’ ligeiro, enquanto Afonso Costa enalteceu o orgulho com o apuramento.

Na cidade italiana de Varese, Fraga e Costa concluíram os 2.000 metros da regata em 06.24,97 minutos, atrás dos ucranianos Igor Khmara e Stanislav Kovalov (06.23,70).

“Esta prova tem um significado especial, foi uma época difícil, mas é o culminar do trabalho, do espírito de grupo, não só meu e do Afonso, mas de toda a estrutura. Sentimo-nos realizados, por termos conseguido dar isto à equipa”, afirmou Pedro Fraga, em declarações reproduzidas pela Federação Portuguesa de Remo (FPR).

Fraga, de 38 anos, vai participar pela terceira vez nos Jogos Olímpicos, depois do quinto lugar em Londres2012 e do oitavo em Pequim2008, então com Nuno Mendes.

Aos 25 anos, Afonso Costa vai estrear-se em jogos olímpicos, depois do empenho na qualificação.

“O único segredo é o trabalho. Nós trabalhámos, estamos de consciência tranquila e muito orgulhosos por irmos a Tóquio”, vincou Afonso Costa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.