Riner, considerado o melhor judoca do mundo e atual 16.º do ‘ranking’ mundial, face à escassa presença em competições, foi surpreendido pelo russo Tamerlan Bashaev, líder mundial da categoria, a quem tinha vencido este ano no Masters de Doha.

O francês, de 32 anos, campeão olímpico no Rio2016 e em Londres2012, e bronze em Pequim2008, procurava igualar o único ‘tri’ olímpico no judo, do japonês Tadahiro Nomura (-60 kg), campeão em Atlanta96, Sydney2000 e Atenas2004.

Nos Jogos de Tóquio2020, Riner, que perdeu com Bashaev por waza-ari, já no prolongamento do combate, poderá ainda chegar às medalhas, mas apenas de bronze, ao ser relegado para a zona de repescagem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.