Mais de 30 cidades japonesas cancelaram os planos para acolher atletas olímpicos e paralímpicos antes dos Jogos Tóquio2020, devido à atual situação pandémica, noticia hoje a imprensa japonesa.

A iniciativa previa que as cidades anfitriãs recebessem missões de vários países algum tempo antes dos Jogos, de forma a que os atletas pudessem treinar, fazer a aclimatação e participar em eventos culturais.

De acordo com a imprensa, a decisão de 31 cidades está relacionada com o atual contexto da pandemia de covid-19, nomeadamente com as limitações impostas pelas autoridades japonesas sobre a redução ao mínimo da permanência de atletas estrangeiros no país.

O governador de Chiba, Toshihito Kumagai, anunciou na quarta-feira que a federação de atletismo dos Estados Unidos cancelou o estágio previsto para a cidade devido a “preocupações com a segurança dos atletas”.

Também as cidades de Fukui e Tochigi abandonaram os planos de receber equipas olímpicas e paralímpicas do Reino Unido, Rússia, Timor-Leste e Lesoto, segundo noticia a agência Kyodo.

No final de abril, 528 municípios estavam registados para receber atletas de 184 comités olímpicos e paralímpicos, antes das duas competições.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto, enquanto os Paralímpicos devem disputar-se entre 24 de agosto e 05 de setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.