Vencedor em 8.08,90 minutos, El Bakkali, que fora quarto no Rio2016, dá a Marrocos a primeira medalha de ouro desde 2004, ano em que Hicham El Guerrouj triunfou nos 1.500 metros.

Em segundo lugar chegou o etíope Lamecha Girma e em terceiro o queniano Benjamin Kigen, a atenuar um pouco a derrota histórica da grande potência da modalidade.

Com efeito, desde 1968 até ao triunfo de Conseslus Kipruto no Rio2016 que o Quénia ganhou sempre que participou, numa sequência perfeita de 11 sucessos. Em 1976 e 1980 o Quénia boicotou os Jogos Olímpicos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.