A judoca portuguesa, medalha de bronze no Rio2016, foi eliminada na segunda ronda e repetiu o nono lugar alcançado em Pequim2008, resultante de uma vitória e uma derrota na competição.

No Nippon Budokan, Shohei Ono defendeu com sucesso o ouro conquistado no Rio2016, desta vez batendo na final Lasha Shavdatuashvili, da Geórgia, por ‘waza ari’ no ponto de ouro, num combate de durou 5.26 minutos.

Ono, de 29 anos, continua imbatível desde 2015 e reforçou o domínio no Japão no torneio de judo, com o país anfitrião a somar quatro medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

O sul-coreano An Changrim e Tsogtbaatar Tsend-Ochir, da Mongólia, arrecadaram a medalha de bronze.

Nos -57kg femininos, já depois de Telma Monteiro ter sido eliminada pela polaca Julia Kowalczyk no ‘golden score’, ao somar o terceiro castigo com 9.31 minutos de combate, Nora Gjakova deu o segundo ouro ao Kosovo em Tóquio2020, terceiro na história de Jogos Olímpicos, todos no judo.

Na primeira final sem a presença japonesa, a atleta de 28 anos bateu por ‘ippon’ a francesa Sarah Leonie Cysique, punida por ter mergulhado de cabeça e que ficou a medalha de prata, em 2.45 minutos de combate.

Nas meias-finais, Gjakova bateu a ‘favorita’ Tsukasa Yoshida, que ficou pelo bronze, assim como a canadiana Jessica Klimkait.

Todas as notícias e reportagens sobre Tóquio 2020 acompanhadas ao minuto pelo SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.