O comité organizador Tóquio2020 pediu hoje à Associação de Correspondentes Estrangeiros no Japão que elimine uma imagem publicada na sua revista, que funde o logótipo dos Jogos Olímpicos com a imagem usada para ilustrar o novo coronavírus.

Numa videoconferência, o porta-voz do comité, Masa Takaya, considerou que a imagem “infringe” os direitos do comité Tóquio2020 e revela “insensibilidade” para com os atletas.

A imagem foi publicada há cerca de um mês na revista Number 1 Shimbun, que tem uma difusão bastante limitada e é distribuída entre os membros do Clube de Correspondentes Estrangeiros no Japão (FCCJ), fundado em 1945, e está também disponível na internet.

A ilustração funde a imagem que representa o novo coronavírus, causador da doença covid-19, e o símbolo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 e foi publicada pouco depois do anúncio do adiamento da competição para 2021 devido à pandemia de covid-19.

“Pedimos que eliminem o desenho e estamos à espera de uma resposta”, disse Takaya, acrescentando que o comité só decidiu atuar agora porque “a imagem mereceu a atenção de muitas pessoas”.

O FCCJ ainda não fez qualquer comentário sobre o assunto.

O Comité Olímpico Internacional (COI) e o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos anunciaram em 24 de março o adiamento dos Jogos, devido à pandemia da covid-19.

As duas competições já foram, entretanto, agendadas para o verão de 2021.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 316.000 mortos e infetou mais de 4,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.